Home Contato
 

Untitled Document

PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS

Introdução

Noventa por cento das patologias da coluna vertebral são tratadas de forma conservadora, ou seja, sem necessidade de intervenção cirúrgica. Isso envolve principalmente técnias de fisioterapia e correção de hábitos de postura e até de saúde básica. Nós do Institudo Medullaris seguimos essa ideia, onde a cirurgia deve ser indicada em casos bem selecionados e, em geral, que não respondem bem ao tratamento conservador.

Origem da doença

Todo paciente portador de doenças da coluna vertebral deve entender, em primeiro lugar, que essa situação foi dificilmente causada por um hábito laborativo, ou atividade física que exercia ou ainda o faz, de forma isolada. Existem exceções, mas de maneira geral essa é uma situação quase desconhecida pela população e com isso não se sofre apenas pelos sintomas mas também por privar-se de certos prazeres que poderiam até auxiliar na reabilitação de certas patologias.

Outro ponto de extrema relevância no entendimento dessas patologias é que o "doente da coluna" dificilmente obterá cura total. Isto é apenas um alerta e não deve servir como um dado desanimador. Pelo contrário, não quer dizer que terá os sintomas dessa doença para sempre, mas a doença estará lá e caso não faça acompanhamento especializado provavelmente evoluirá com crises de dor frequentes ou dor crônica.

Os procedimentos cirúrgicos, de uma forma didática, podem ser divididos em técnicas minimamente invasivas e convencionais.

Técnicas Minimamente invasivas (TMI)

Desenvolvidas no final  da década passada, ganharam notoriedade nos últimos anos. Tem como objetivo melhorar a dor e tratar a doneça de base. Utiliza pequenas incisões ou agulhas guiadas por Rx, microscópio ou endoscópio. Os resultados são, menor tempo de internação, menor sangramento e dor no pós-operatório. Os resulados finais, no entanto se equivalem ao da cirurgia aberta.

Entre as TMI nos temos:

  1. IDET (Intradiscal Electrothermal Therapy)
  2. PIRF (Percutaneous Intradiscal Radio-Frequency)
  3. Nucleoplastia
  4. Rizotomia Facetária
  5. Vertebroplastia
  6. Cifoplastia
  7. Vídeo Endoscopia
Técnica Conevencional (TC)

A TC ou também chamada de aberta, há muito é usadas no tratamento de candidatos cirúrgicos. Seu uso é muito difundido, bem como seu benefício e risco. Na maioria dos centros o tratamento cirúrgico é a baseado nessa técnica. Tem a vantagem de uma ótima visulização direta das estruturas ósseas, musculares, ligamentares e neurais. Não necessitando do uso de qualquer utensílio de imagem (endoscópio, microscópio, cânula ou Rx somente). Essa liberdade de visualização faz com que o risco de lesão iatrogênica (inadvertida) seja menor do que com o uso dos instrumentos de imágem. No entanto necessita de um maior tempo de internação e a dor no pós-operatório e maior.

As cirurgias mais realizadas utilizando a TC são:

  1. Artrodese Cervical Via Anteriror (Técnica de Cloward)
  2. Artrodese Cervical Via Posterior
  3. Artroplastia Cervical
  4. Dissectomia Lombar (Microscópica)
  5. Laminectomia Descompressiva com Artrodese Posterior
  6. Artrodese Lombar via Anterior
  7. Artodese Dinâmica
  8. Artroplastia Lombar

Desfrute da comodidade de
pré-agendar sua consulta ou
fisioterapia por meio da nossa
página. Deixe que nós
entraremos em contato com
você. Faça o seu
pré-agendamento aqui.

Nossa clínica atende à maioria
das empresas dos planos de
saúde. Acesse o menu convênios
e veja se o eu faz parte da nossa
lista.

Conheça a sua patologia e saiba
mais sobre as suas formas de
tratamento. O nosso Instituto
disponibiliza um espaço onde
você poderá conhecer e tirar suas
dúvidas sobre as diversas
doenças que atingem a coluna
vertebral. Leia mais aqui.

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Copyright © 2010 - Instituto Medullaris
SGAN Q 607 Bloco A Salas 211/212 L2 Norte - Asa Norte
By BMTech Informática
Ed.Brasília Medical Center
 
Brasília/DF - CEP:70.830-010
 
 
Tel.: (61) 3445-1177